BEM VINDO AO HOSPITAL ESTADUAL DE URGÊNCIAS DE ANÁPOLIS DR HENRIQUE SANTILLO

Governo de Goiás entrega ampliação do Hospital de Urgências de Anápolis

No principal compromisso da agenda de realizações e entregas de benefícios nesta segunda-feira, dia 2, em Anápolis, o governador Marconi Perillo entregou à população a ampliação do Hospital de Urgências de Anápolis (Huana), um investimento de R$ 32 milhões.

A unidade, que contava com 80 leitos, agora terá 161, também tinha 16 leitos de UTI, agora serão 31. São R$ 15 milhões de investimentos na obra física e R$ 17 milhões em equipamentos, além de uma emenda do deputado Alexandre Baldy, hoje ministro das Cidades, para compra de um tomógrafo, que está em pleno funcionamento.

No início de sua fala, o governador Marconi compartilhou as homenagens feitas a Henrique Santillo, Fernando Cunha, Zita Duarte, James Fanstone, Sônia Santillo e Benjamin Rodrigues, em quem vida foram benfeitores da Saúde em Anápolis.

Fez também um agradecimento especial à senadora Lúcia Vânia, ao secretário estadual de Saúde, Leonardo Vilela, e o ministro de Cidades, Alexandre Baldy, pelo empenho na consolidação da ampliação do hospital. Ressaltou que não se trata apenas da construção de uma obra de R$ 34 milhões, mas o compromisso do Estado com R$ 3 milhões mensais de custeio. Marconi lembrou que quando chegou ao governo Goiás tinha sete hospitais, alguns como o HGG fechado, hoje deixa o governo com 22 hospitais, geridos por Organizações Sociais.

Por fim, agradeceu o prefeito Roberto Naves pelas parcerias. “Os governos não tinham a sensibilidade de colocar dinheiro na Saúde, tampouco havia planejamento”, asseverou. Disse ainda que aprendeu com Henrique Santillo, que tinha uma grande visão social, a “amar o povo”.

Presente à solenidade de inauguração, no auditório Fernando Cunha Júnior do hospital, o vice-governador José Eliton afirmou que a irmã Rita “sintetiza a disposição e a vontade de servir ao próximo”. Fez dois apontamentos: ao governador Marconi Perillo, que é “apaixonado por Anápolis”, “um referencial da política brasileira”. Segundo, que as parcerias com as entidades filantrópicas, como a Fada, terão continuidade em sua gestão.

O ministro de Cidades, Alexandre Baldy, que é de Anápolis, destacou que a obra de ampliação foi lançada no final de 2014 e hoje está sendo entregue à população, graças à “obstinação” do governador Marconi Perillo. “O governador não se deixou abater com a crise econômica”, afirmou o ministro, contando da insistência de Marconi pela liberação dos recursos. “Uma obra como essa não beneficia somente a cidade de Anápolis, mas cidadãos de várias regiões do Estado de Goiás e fora dele”, sintetizou. Ele entregou ao prefeito de Anápolis um cheque simbólico de R$ 4 milhões, recurso levantado junto ao Ministério de Saúde, para compra de equipamentos para o hospital municipal.

O prefeito de Anápolis, Roberto Naves, brincou que todos perguntam porque a irmã Rita tem uma paixão declarada pelo governador Marconi Perillo. Segundo ele, é porque a Irmã Rita tem sensibilidade e sabe identificar aqueles que verdadeiramente trabalham pelo bem da coletividade. “Em Anápolis, graças às parcerias com o governo estadual, toda a população tem atendimento digno de Saúde”. Segundo ele, a Saúde em Anápolis não aparece, sinal de que as coisas estão em ordem. “O município de Anápolis gasta hoje 110% do que seria a sua obrigação com Saúde”, disse, destacando que a cidade atende pacientes de outras regiões do Estado.

O secretário estadual de Saúde, Leonardo Vilela, destacou que, em 12 anos de existência, o Huana realizou 5 milhões de procedimentos. Ele destacou que além dos R$ 15 milhões de obras, foram investidos mais de R$ 17 milhões em equipamentos. “É uma obra que salva vidas, que melhora as vidas das pessoas”, disse.

Paz e bem
A diretora-geral do Huana, irmã Rita Cecília, iniciou suas palavras citando um ditado de São Francisco que virou uma marca de sua ação filantrópica: “Paz e bem”. Ela lembrou que quando o Huana foi construído pelo governador Marconi Perillo os desafios eram enormes. Hoje, a unidade é referência nacional em atendimento de urgência.

A religiosa destacou o trabalho da Fundação de Assistência Social de Anápolis (Fasa), Organização Social que administra o Huana. Irmã Rita agradeceu ao governador Marconi Perillo por tudo que tem feito pela Santa Casa da Misericórdia de Anápolis, também dirigida pelas irmãs franciscanas que cuidam da gestão do Huana.

Ela explicou que o hospital atende mais de 50 municípios, com uma prestação de serviço humanizada. Hoje, prepara-se para receber o selo de Acreditação Nacional de Saúde (ONA) e é uma unidade de captação de órgãos. Com as novas instalações, explicou, 4,8 mil metros de área construída, o hospital ampliará significativamente seu leque de atuação.

“Senhor governador, estou aqui para agradecer toda parceria, toda a dedicação à cidade de Anápolis e a nós”, disse irmã Rita, destacando o apoio que Marconi dedica às entidades filantrópicas. “Deus lhe pague”, finalizou o discurso.

Gabinete de imprensa do Governador

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Tradução »
Skip to content